Pular para o conteúdo principal

A Verdadeira Evangelização

Lc 4.18-19; I Co 9.16; Mt 935-38; II Tm 1.10 e Atos 16.31
   Não se pode aceitar o conceito de evangelizar somente “salvar as almas” e buscar exclusivamente uma mudança de “status” eterno do indivíduo. Tampouco se pode reduzir o evangelho a um simples programa de serviço social ou mero instrumento sócio-político.
Através desta mensagem vamos refletir alguns conceitos sobre evangelização:

     I-      EVANGELIZAÇÃO INTEGRAL:
Todo evangelho para o homem como um todo e para todos os homens. A evangelização tem como destinatário o homem na totalidade do seu ser: “espírito, alma e corpo”(I Ts 5.23), histórico e eterno. O evangelho não pode ser reduzido a uma só dimensão. Não se pode fragmentar o homem criado “à semelhança de Deus”. 

II-     EVANGELIZAÇÃO É BÍBLICA: Jo 5.39; At 2.22-42; 10.34-44; I Co 15.1-4;  Ef  1.9,10; Cl 1.15-23; Ef 4.1.12-16 e Fl 3.12-15.
     A verdadeira evangelização é bíblica. Sua mensagem: a proclamação (kerigma) consagrada pelo Novo Testamento, tendo como fundamento Jesus Cristo. Seu ponto central é chamado ao arrependimento (metanoia), a conversão e incorporação à comunidade de fé. Seu objetivo final é o reino de Deus.

III-         PROCLAMAÇÃO DA BOA NOVA:
      Evangelização é a proclamação da boa nova libertadora de Jesus Cristo. Evangelizar é compartilhar uma boa notícia. Não é impor um pacote doutrinário, litúrgico, ético, humanista, sobre as pessoas.

IV-        EVANGELIZAÇÃO ENCARNADA:
       A verdadeira evangelização é encarnada (Rhema), e não apenas (LOGOS). É a proclamação em palavras e atos. Nota-se que há excesso de verbo em tudo que se faz. “Deus fez um discurso vivo na pessoa de seu Filho Jesus Cristo” Jacques Durrandeaux.  Muitas vezes prega-se, hoje, um evangelho social, cultural e humanista. Descarta-se o poder do Espírito Santo, do sangue de Cristo e da cruz.
O evangelho é eterno, porém, compatível com o que é temporal e histórico. Não se quer dizer que as situações históricas se tornam parte do conteúdo do evangelho. Por conseguinte, a evangelização tem de estar inserida neste mundo e na experiência total do homem que responde por sua existência histórica. O homem não é apenas  destinatário, senão também ingrediente da evangelização.

V-          EVANGELIZAÇÃO CONSCIENTIZADA:

    Não basta a igreja ter visão panorâmica do mundo e da desgraça em que vive o pecador. Entretanto, é preciso ter a consciência de toda a situação de perda da imagem e semelhança de Deus. Deve-se conhecer e abandonar tudo aquilo que o impede de ser livre. Refutamos toda a evangelização que tem como base uma atitude de fuga da vida, alienante da realidade e irresponsável perante a sociedade. Gn 4.9; Fl 3.3-15; Lc 19.1-10; Mt 10.16 e Jô 3.1-9.

CONCLUSÃO: A paz bíblica (shalom), a reconciliação de todos os homens e por meio de Jesus Cristo, que é Senhor de tudo ou não é Senhor de nada. Ela não faz concessão ao seu discipulado. Entrementes, não se pode ”servir a dois senhores”. A evangelização é um processo permanente no qual somos transformados uma e outra vez, a Deus e ao próximo, sendo uma porta aberta para a renovação, reconciliação, crescimento e busca de maturidade cristã.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

ESPÍRITO, ALMA E CORPO

1 Ts 5.23; Hb 4.12 “E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DIOSCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO”. FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO:

O Vaso de Alabastro

Fui pobre duas vezes – materialmente e espiritualmente. Alguém que tinha alma grande amou-me, acolheu-me, curou-me, sustentou-me e guiou-me. Por causa do avanço acelerado da tecnologia, o amor vai se tornando uma virtude rara, até entre os irmãos da santa grei.  Pobres, ah, os pobres! O rico pode ser pobre espiritualmente. Não obstante a sua riqueza, ele pode ser rico também (um pouco mais difícil) vivendo sob o senhorio de Jesus Cristo; o pobre materialmente pode ser rico. Triste é ser pobre duas vezes! Jesus definiu o palco da mensagem evangélica dizendo: Mt 11.5; 26.11; Lc 4.18 e fez uma advertência - “trabalhai não pela comid que perece, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem vos dará...”(Jo 6.27).

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.