Pular para o conteúdo principal

Vitórias e crises na Família moderna

Gn 2.22-25; II Rs 20.13; Dt 22.8
            INTRODUÇÃO
   Percebe-se que a mulher, com exceção, está ganhando espaço na sociedde e perdendo espaço no lar e o homem torna-se mais rebelde e sujeito a conquistas inconsequentes. A família, na pós-modernidade, segue cum-prindo sua missão sob o peso do rolo compressor do movimento que surgiu na Europa para desconstruir Bíblia, cristianismo, família, sociedade e nações. Esta desordem desencadeia crimes passionais e realça a prática do femicídio. As forças do mal ameaçam destruir o que Deus criou, todavia há exército com armas espirituais para derrotá-los.

Depois da conversão a Cristo, o passo mais importante é a constituição da família. « Esta é, afinal, osso dos meus ossos e carne da minha carne. »  Os cônjuges que constroem no altar, laços de amor antes, durante e depois, não correm o risco de separação ficando a olhar com frustração,  um monte de ossos aqui e de carne acolá. Quem faz a separação? É o casal, o opositor de Deus ou ambos? « A mulher é vocionada por Deus para manter a chama do amor acesa no sacrário divino, que é o lar »(John O'Brien).
             A ação de Deus na vida dos cônjuges e a ação dos dois na presença de Deus, evitam a desagregação familiar. O casamento deve ter blindagem espiritual para evitar a ação virótica de Satânica diuturna. A família que obedece o decreto divino é abençoada e abençoadora. O casamento é um mistério que vai além da raciona-idade. Não é dado aos gêneros desvendar este mistério divino que faz dois corações pulsarem no mesmo ritmo.
Estribado no pressuposto bíblico, o matrimônio é vocacional. Deus inspira pessoas a assumirem este estado honroso. A missão a dois não tem fim em si mesmo. Sua dimensão não é apenas biológica, pois « O Brasil não precisa de homens e mulheres reprodutores e, sim, de educadores e formadores de caráter » (Içami Tiba). Ouve-se de líderes religiosos, terapeutas educadores que, na pós-moderna, que a família está rodopiando no seu tripé em busca de equilíbrio espiritual, emocional e social. Existem crises relacionais que devem ser curadas.
A  crise instala-se em virtude da falta de submissão, obediência e afastamento de Deus. « Antes de se casarem os cor-pos, as almas devem ser as primeiras a se csarem, porque vejo muitos corpos casados e muitas almas solteiras » (Belmiro Braga). Muitos corações sofrem pelo descompasso que causa a desagregação da família. A escritora negra, Carlina de Jesus expressou – O fogo nasce da pedra e a pedra nasce do chão; o amor nasce dos olhos e vai para o coração.
            'Os ácidos da pós-modernidade' causam o rompimento com Deus, família e o semelhante. De certo, há mais felicidade entre o céu e a terra do que se pensa. É preciso usar lentes de cristal para enxergar sinais na vi-a-três - Homem-Jesus Cristo-Mulher. Há conflitos devido à falta de diálogo e relacionamentos pré-nupciais. São imprescindíveis a maturidade espiritual, emocional, social, física e profissional para « construir a casa na rocha »
            A família é o núcleo mais importante da igreja, sociedade e nação. « Nenhuma nação é melhor do que a vida familiar do seu povo » (Collidge). A família assemelha-se a um castelo. Sua fortaleza está no seu interior para resistir às pressões externas. Quase toda igreja tem origem numa família. Nasceu, em nossa casa, 1948, São Vicente da Estrela, a igreja Metodista cujo pastor era o Rev. José de Freitas. Vive-se, hoje, a crise de pais ausentes e filhos carentes com a terceirizção da criação e educação dos filhos. « Na casa, o homem é a cabeça, a mulher é o coração » (A. Niedermeyer). A família brasileira enfrenta uma triste realidade.
            Constata-se que houve 180.050 divórcios e 160.685 separações judiciais sem contabilizar as clandesti-nas totalizando 340.735. Com a liberação da prática sexual libertina, a situação agravou-se muito gerando cerca de 2 mi 150 mil de adolescente gravidas. Infelizmente a família tornou-se refém deste sistema iníquo. O pior é que tal sistema está atingindo a igreja. Paulo disse: « Não vos conformeis com este século (dias atuais), mas transformai-vos pela renovação da vosssa mente... »(Rm 12.2a). O divórcio deixa traumas e mágoas irreparávis.
O divórcio, às vezes, é uma fuga em busca de interesses próprios. «  O amor não busca seus próprios interesses » ( 1 Co 13.5).
AFINAL, QUE É O CASAMENTO?
            De acordo com a Bíblia, Constituição do Reino de Deus, o casamento é a união de duas pessoas, do gênero masculino e feminino, que se amam mutuamente. Eles creem que, unidos por Deus, podem construir uma família cuja essência é o amor. Sem amor, o casamento é uma sociedade. Não deu certo, cada um pega sua trouxa e se manda em busca de aventuras. Pode ser uma decisão egoísta. Ninguém pode dessacralizar o que é sagrado. Havendo submissão de ambos a Deus, marido à mulher, mulher ao marido, os laços e votos são invul-neráveis. « NÃO É BOM QUE O HOMEM ESTEJA SÓ; FAR-LHE-EI UMA AUXILIADORA QUE LHE SEJA IDÔNEA » (Gn 2.18).   
Pr. Valdemar Trevenzoli - bergertreve@oi.com.br





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Você é um seguidor ou discípulo?

O PERFIL DO SEGUIDOR E DO DISCÍPULO:
O SEGUIDOR ESPERA PÃES E PEIXES (Mt 4.4), MAS O DISCÍPULO É UM PESCADOR (Lc 5.10).
O SEGUIDOR LUTA POR CRESCER (Jo 15), MAS O DISCÍPULO LUTA POR REPRODUZIR (Mt 28.19), O SEGUIDOR É CONDICIONADO PELAS CIRCUNSTÂNCIAS (Mc 4.37-38), MAS O DISCÍPULO APROVEITA-AS PARA EXERCITAR SUA FÉ ( 2Co 4.8-11),          O SEGUIDOR VALE, PORQUE SOMA (Lc 9.33), MAS O DISCÍPULO VALE, PORQUE MULTIPLICA (At 4.4; 6.1).
O SEGUIDOR GOSTA DE AFAGO  (Jo 13.25);, MAS O DISCÍPULO GOSTA DO SERVIÇO E DO SACRIFÍCIO (1P e 2.5).
 O SEGUIDOR É VALIOSO (Lc 12.7 ), MAS O DISCÍPULO É INDISPENSÁVEL (At 1.8; 2Tm 2.15).
No dia em que os seguidores e discípulos de Cristo puserem em prática estes princípios bíblicos, provocarão nervosismo naquele que  se levanta com suas hostes contra o reino de Deus. De nada adiantará, porque ele será derrotado pelo SANGUE DO CORDEIRO. Aleluia!

ESPÍRITO, ALMA E CORPO

1 Ts 5.23; Hb 4.12 “E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DIOSCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO”. FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO:

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.