Pular para o conteúdo principal

Natal, tempo de congratulações

No terceiro milênio a família planetária ainda não encontrou o seu rumo e o seu prumo, porque há limites sem limites e fronteiras sem fronteiras. Percebe-se que se constrói  uma TORRE DA CIVILIZAÇÃO“ à semelhança da torre de Babel (Gn 11.9), com as sofisticações da ciência, filosofias e religiões. A família planetária cristã deve, e com  urgência, construir uma blindagem espiritual sem estereótipos resultante do relacionamento íntimo do homem com Deus a fim de escapar “ dos ácidos da pós-modernidade” que podem corroer os elementos de ligação entre as nossas vidas  e os propósitos de Deus”.
Com a encarnação do Verbo no ventre da virgem Maria, por obra e graça do Espírito Santo, Deus fez sua intervenção na História cumprindo sua profecia e executanto seu projeto de resgatar o homem pondo ordem em meio à desordem (Mt 1.20).
Ao celebrarmos o natal de Jesus Cristo, devemos estar cientes da barafunda religiosa e política no momento gelatinoso em que vivemos neste mundo de fronteiras sem fronteiras. Ao enviar Jesus Cristo ao mundo Deus inaugurou o tempo da Graça e demarcou os limites do seu Reino. Que esses limites não sejam apagados pela rebeldia e estultícia do homem. Nós temos o compromisso de expandir o reino inaugurado por Cristo. Oremos para que “o resplendor da glória de Deus” não seja ofuscado pelo brilho da glória dos homens neste natal (Lc 2.9,13). É desejo do nosso coração que, “o anjo com a milícia celestial, ” ajudem-nos a celebrar a data magna da cristandade com a alma grande e corações humildes.
         Salve o Infante de Belém!
                   Salve o Príncipe da Paz!
                            Salve o Redentor da humanidade!
   Com efusivas congratulações natalinas e votos de copiosas bênçãos no ano de 2014 nas áreas de sua vida, família e igreja.
   Juiz de Fora, dezembro de 2013.
 Laura Karl Trevenzoli e Pr. Valdemar Trevenzoli
                                               bergertreve@oi.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O JOVEM MAIS BELO – ABSALÃO

Absalão, em hebraico, אַבְשָלוֹם. Significado: Meu pai é paz. Ler os textos II Samuel 3.1-5; 13.21-29; 14.24-33; 15.1-12; 18.9-17 e 18.33 A Bíblia nomeia Absalão como o terceiro filho de Davi cuja mãe era Maaca. Havia muita crise relacional na família real. Cada filho nascia de uma mulher diferente. Infelizmente, esta anomalia social está acontecendo em nossa sociedade. Em 2 Sm 14.25 e 26, diz que não havia, em Israel, homem mais belo e formoso do que Absalão. Desde a planta dos pés até a cabeça, não havia defeito algum. Não havia academia de fisiculturismo. Ele não era ‘bombado,’ mas tinha o corpo sarado.

Convertido, Seguidor, Discípulo ou Discipulador?

“O mesmo Espírito testifica com nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm 8.16). Pressupõe-se que, se a igreja tem convertidos, que se transformam em seguidor, e depois, em discípulo, ela precisa de discipuladorOu se evangeliza e vive ou não se evangeliza e morre. A evangelização e os seus resultados deixam igreja em clima de festa.Haverá sempre "uma festa no céu por um pecador que se arrepende”(Lc 15.7). Meu objetivo, ao apresentar este estudo, é estimular e enriquecer você para a prática do Discipulado. Há quatro estágios fundamentais para quem deseja ser fazedor dediscípulo:

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.