Pular para o conteúdo principal

A VIOLÊNCIA AFASTA PROFESSORES DE SUAS CÁTEDRAS

Quarenta mil docentes deixaram suas cátedras devido aos problemas psicológicos causados pela violência praticada por estudantes. "Oh, tempora! Oh, mores!" Que tempos e costumes são os nossos! Exclamação de Marcus Tullius Cicero, sábio de mente versátil, contra a devassidão política marcada por um clima de execrável vilania como atualmente no Brasil. Ele era romano e viveu no ano 106 a.C/43 a.C.. Portanto, há 2.120 anos. A história se repete. Haverá, na Terra de Santa Cruz, insignes políticos brasileiros que tenham cérebro com lisura de caráter, princípios de honradez e invulnerável espírito nacionalista no qual aconteça o INSIGHT como de CÍCERO?
Com esta informação funesta, passei a refletir sobre a indignidade e covardia praticada contra mestres que descerram as cortinas da ignorância e descortinam os horizontes da juventude. Quando me dei conta de que só no Estado de São Paulo, 40 mil professores abandonaram suas cátedras por conta da violência, tive uma profunda tristeza. É lamentável esta crise no sistema educacional brasileiro, que é de grande relevância para pôr o prumo e definir o rumo de uma nação. Tivemos o privilégio, minha esposa e eu de lecionar em várias instituições em cinco estados brasileiros, trabalhamos na Comissão Municipal de Ensino e jamais enfrentamos crises de indisciplina como acontece hoje. 
A família é a oficina do caráter e âncora da educação fundamental, ensino médio e superior. Infelizmente, como asseverou Albert Schweitzer, a família desagregou-se e houve um eclipse na oficina do caráter terceirizando e delegando ao Estado a educação de seus filhos. Há uma TRÍADE bíblico-teológica basilar na educação: “E crescia Jesus em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e dos homens” (Lucas 2.62). A falta de observância deste paradigma milenar, a sociedade toma rumos indesejáveis. Hoje, muitos pais contam um, dois e três anos para deixar a criança na Escola Maternal. Aí está gênese da violência, porque o infante é seqüestrado pela sociedade e troca o bico do peito materno pelo de borracha, o afeto, colo e o cheiro da mãe, que perdura, quiçá, vida afora. Deus delegou ao primeiro casal: a missão paternal e a missão maternal. Dr. Ruy Barbosa, jurista e escritor, disse: “a família é a célula mater da sociedade”. A família é, de fato, a primeira sociedade da qual se faz parte. Nela vivemos a maior parte da nossa existência. Sendo a única que possui laços indissolvíveis, tornando-se assim a mais importante. Diante disso, destruída a família, a sociedade se desfará automaticamente.
Os sinais de declínio da família são abundantes e evidentes à nossa volta, os sinais do colapso são: divórcio, aborto, esterilização, delinqüência, erotização precoce, infidelidade, homossexualidade, feminismo radical, o movimento dos direitos das crianças, ao lado da banalização dos lares de pais solteiros, liberdade sem responsabilidade e outros sinais nocivos à família, núcleo embrionário da sociedade. A família parece estar à deriva, sem referência, impotente e desprotegida diante dos embates do consumismo, bombardeada pelos meios de comunicação e incapaz de dar uma resposta a esses ataques. Para alguns, a família é um conceito conservador, só defendido pelos retrógrados. 
A família tem sido o alvo tanto de Deus para edificar, como também do inimigo para destruí-la. O teólogo Jaime Kemp, quando da publicação da Bíblia da Família, afirmou que: “A família, por sua vez, é ‘a menina dos olhos’ do Senhor Ele dispensa especial carinho e atenção a essa instituição, idealizada para proporcionar ao homem e à mulher amor incondicional, suprir as necessidades físicas e emocionais de cada um de seus membros, suavizar a solidão e fornecer refúgio seguro e certo contra as pressões e as turbulências do mundo. A família para Deus, é um treinamento para a vida.”. Com esta definição, estamos convictos de que a família é bênção de Deus, pois Ele a instituiu para o bem do seu povo e para a sua própria glória. Portanto, a família é constituída por relações de amor! Diferente de qualquer outro gênero de grupamento humano (partido político, associação etc.). Na origem de tudo, há um amor conjugal que chama a vida a participar desse amor.
Teólogos: José Comblin, Jaime Kemp e Pr. Valdemar Trevenzoli

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Você é um seguidor ou discípulo?

O PERFIL DO SEGUIDOR E DO DISCÍPULO:
O SEGUIDOR ESPERA PÃES E PEIXES (Mt 4.4), MAS O DISCÍPULO É UM PESCADOR (Lc 5.10).
O SEGUIDOR LUTA POR CRESCER (Jo 15), MAS O DISCÍPULO LUTA POR REPRODUZIR (Mt 28.19), O SEGUIDOR É CONDICIONADO PELAS CIRCUNSTÂNCIAS (Mc 4.37-38), MAS O DISCÍPULO APROVEITA-AS PARA EXERCITAR SUA FÉ ( 2Co 4.8-11),          O SEGUIDOR VALE, PORQUE SOMA (Lc 9.33), MAS O DISCÍPULO VALE, PORQUE MULTIPLICA (At 4.4; 6.1).
O SEGUIDOR GOSTA DE AFAGO  (Jo 13.25);, MAS O DISCÍPULO GOSTA DO SERVIÇO E DO SACRIFÍCIO (1P e 2.5).
 O SEGUIDOR É VALIOSO (Lc 12.7 ), MAS O DISCÍPULO É INDISPENSÁVEL (At 1.8; 2Tm 2.15).
No dia em que os seguidores e discípulos de Cristo puserem em prática estes princípios bíblicos, provocarão nervosismo naquele que  se levanta com suas hostes contra o reino de Deus. De nada adiantará, porque ele será derrotado pelo SANGUE DO CORDEIRO. Aleluia!

ESPÍRITO, ALMA E CORPO

1 Ts 5.23; Hb 4.12 “E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DIOSCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO”. FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO:

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.