Pular para o conteúdo principal

Evangelização na Dinâmica do Espírito Santo

“Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo”(Atos 2.8)
Textos: Mc 16.14-18; Jo 3.16; At 2.1-4,40-47;3.19; 4.32 e I Co 9.16.
Sem fogo não há evangelização. Ilust - O tição. Minha mãe pediu-me para buscar fogo na vizinha; ela deu-me um tição com brasa; saí correndo e cheguei com ele em chamas. “Quem fica observando o vento, nunca semeará, o que olha para as nuvens, nunca colherá ” (Ec 11.4).
A evangelização é a espinha dorsal da igreja da qual faz parte um grande elenco de ministérios. A igreja é vocacionada para abençoar o mundo. A igreja é agente de salvação, transformação e mudança. O Espírito Santo produz inspiração, transpiração e impulso para a proclamação do evangelho com ousadia.

 EVANGELISMO NA IGREJA PRIMITIVA

v  Era praticado sob a unção do Espírito Santo;
v  Não era uma aventura da carne (II Co 10.4);
v  O evangelismo não era e não é opcional (I Co 9.16);
v  Evangeliza-se e vive ou não se evangeliza e morre;
v  Evangeliza-se quando se tem um coração sensível à desgraça de quem está  na  rota
do inferno. Exortar uma igreja que não é apaixonada pelos perdidos, a fim de evangelizá-los, é o mesmo que tentar fecundar uma mulher estéril, a não ser que aconteça uma intervenção divina.

COMUNHÃO

v  “Era um o coração e a alma da multidão dos que creram ” (At 4.32);
v  A comunhão fortalece a igreja e atrai pecadores a Cristo;
v  Estimula a igreja a ter compaixão pelo pecador.
Sente-se que a secularização tem tornado a igreja muito árida.  Trabalha-se  tanto, todavia,  os frutos não são abundantes, porque há muitas atividades perfunctórias, rotineiras cujos resulta-dos  não são satisfatórios. Destarte há pessoas cansadas, frustradas, porque muitas redes estão vazias. (Ilust.). Fui pescar na praia com o Rev. Aser Ramos. Tentamos e nada pescamos, porque a água estava gelada. Fomos para a foz de um pequeno rio cujas águas estavam aque-cidas e pegamos muitos peixes. Pescaria de almas se faz com o coração aquecido pelo Espíri-to Santo. A LELUIA.

      PESQUISA QUE NOS DEIXA PREOCUPADOS

Segundo o teólogo, Oscar Culmann, “Jesus Cristo dirigiu 49,7% das suas palavras aos discípulos e 50,3% às pessoas fora do templo ”. Hoje, há pastores usando cerca de 70% a 80% do seu tempo com o rebanho. Pior ainda quando exercem atividades paralelas e deixam as ovelhas desassistidas. É preciso buscar o confronto da fé além dos portões do templo. A oração e a atitude ousadas desmantelam as fortalezas de Satã. Somente assim, alargam-se e demarcam-se os limites do reino de Deus. Jesus Cristo e os seus seguidores conquistaram grandes vitórias nas batalhas que travaram fora do templo. É urgente praticar o evangelismo na fronteira entre o céu e a terra, onde se trava uma grande batalha:
v  De um lado está Jesus Cristo com seus soldados lutando contra “ principados e potesta-
des ” para resgatar as almas  aprisionadas  que  passam a  viver nos  limites do  reino de Deus.
v  Do outro lado está o príncipe das trevas com suas “ tropas  infernais  rugindo”, a fim de sequestrar e manter as almas nos limites do inferno.
O Espírito Santo é o estrategista da igreja. Às vezes, fica-se atravancado nos  corre-   
dores construídos com os recursos da tecnologia pós-moderna. Planeja-se e  pede-se ao  Espí-
rito Santo para aprovar. Seria bom expressar: “Pareceu bem ao Espírito Santo e a nós ”( Atos 15.28 ).
 O Espírito Santo tem o poder:
v  Que incomoda o profeta,
v  Que incomoda a igreja,
v  Que incomoda o mundo. Será que as pregações incomodam a nós e aos membros da igreja?

SOMOS CONVOCADOS, SOMOS ENVIADOS.

Deus chama, capacita e envia os seus escolhidos. Se quisermos  ser  bem  sucedidos, como fazedores de discípulos, devemos crer como eles creram, viver como  eles  viveram e  fazer os  sinais que  eles fizeram. A igreja que evangeliza está sempre em festa, porque é menos UM  para o inferno e mais UM para o céu.

SUGESTÕES PARA A EVANGELIZAÇÃO

Comprei um livro e pedi ao escritor para autografá-lo. Ele olhou-me, autografou e perguntou – Você é pastor? Sim, respondi. – Então, ouça o Espírito Santo para que o povo ouça você. Na verdade, sempre tive medo de pregar o sermão que não deveria ser pregado; fazer a oração que não deveria ser feita, escrever algo que não deveria ser escrito, e assim por diante. Stanley Jones evangelizou M. Ghandi durante 30 anos. Ghandi disse - Stanley, eu aceito o seu Cristo, mas não aceito o cristianismo dos ingleses.
 Deve-se praticar o evangelismo ocasional. Ex.: A camisa do Botafogo tem uma estrela solitária – Jesus Cristo é a nossa Estrela; fazendo um lanche e rodando de táxi. Deve-se saber fazer a transição de um assunto para o outro. Dois adolescentes saíram para evangelizar e chegaram ao bar e disseram – Ô meu, queremos duas cocas e o seu coração para Jesus. O garçom assustou-se, mas aceitou o convite, foi à igreja e converteu-se. Deve-se levar a mensagem como embaixador de Cristo. Deus deseja fazer conosco o que Sansão fez com as raposas na seara dos filisteus (Jz 15.4). Sendo a igreja, o corpo de Cristo, é bem coerente pressupor que o seu estado de gravidez deva ser permanente. O Espírito Santo é o fecundador da igreja.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O JOVEM MAIS BELO – ABSALÃO

Absalão, em hebraico, אַבְשָלוֹם. Significado: Meu pai é paz. Ler os textos II Samuel 3.1-5; 13.21-29; 14.24-33; 15.1-12; 18.9-17 e 18.33 A Bíblia nomeia Absalão como o terceiro filho de Davi cuja mãe era Maaca. Havia muita crise relacional na família real. Cada filho nascia de uma mulher diferente. Infelizmente, esta anomalia social está acontecendo em nossa sociedade. Em 2 Sm 14.25 e 26, diz que não havia, em Israel, homem mais belo e formoso do que Absalão. Desde a planta dos pés até a cabeça, não havia defeito algum. Não havia academia de fisiculturismo. Ele não era ‘bombado,’ mas tinha o corpo sarado.

Convertido, Seguidor, Discípulo ou Discipulador?

“O mesmo Espírito testifica com nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm 8.16). Pressupõe-se que, se a igreja tem convertidos, que se transformam em seguidor, e depois, em discípulo, ela precisa de discipuladorOu se evangeliza e vive ou não se evangeliza e morre. A evangelização e os seus resultados deixam igreja em clima de festa.Haverá sempre "uma festa no céu por um pecador que se arrepende”(Lc 15.7). Meu objetivo, ao apresentar este estudo, é estimular e enriquecer você para a prática do Discipulado. Há quatro estágios fundamentais para quem deseja ser fazedor dediscípulo:

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO