Pular para o conteúdo principal

Total de visitas:

DECÁLOGO: dez mandamentos para 2018

“no princípio, criou deus...” (Gn 1.1-31 )
No limiar do ano de 2013 e sob a inspiração de Deus, escrevi este DECÁLOGO que nos servirá de ESTÍMULO E ORIENTAÇÃO para a nova caminhada que iniciamos na expectativa de sucesso em todas as áreas da vida. Ainda estamos sob o impacto  emocional por
Deus ter-nos colocado na balança para conferir quanto fizemos e quanto deixamos de fazer no ano findo. É preciso invocar a Deus para o momento novo. Nosso lema deve ser: hoje, melhor do que ontem e amanhã melhor do que hoje. Neste ano, “ao corrermos a carreira que nos é proposta”, teremos retas e curvas, mas tendo o Senhor Jesus conosco, não capotare-mos (Hb 12.10 e 11).

I-RENOVAÇÃO DO ALTAR: Necessário se faz renovar o altar do coração, da família e da igreja. Percebe-se que há muita cinza em alguns altares.  A Acácia foi madeira usada por Moisés na renovação do altar. A fu-maça, como incenso, perfumou a Casa de Deus. O perfume da Graça de Cristo... (Ex 30.1-10; II Co 2.15). Nós somos a Acácia no altar do Senhor.
II-ORAÇÃO: Deve-se abrir o coração, este sacrário divino, onde o senhor almeja estar diariamente para ajudar-nos a nomear as decisões mais sábias da vida (Mt 26.41).
III-PALAVRA DE DEUS: Ler a Palavra de Deus e nela meditar. Ela é a bússola que nos orienta nos mares revoltos. E a cartilha que aponta pistas seguras para a solução de problemas que nos parecem insolúveis (Hb 4.12).
IV-DISCIPLINA: A disciplina nomeia ordem em meio à desordem, estabelece metas, produz equilíbrio, respeito e descortina o horizonte das realizações ( Hb 12.10,11).
V-TRABALHO: Trabalho pressupõe prosperidade. Com o trabalho ajudamos cons-truir a família, igreja, sociedade e a Nação. É saúde. É caráter. É nome. O trabalho honra e dignifica o ser humano (Jo 5.17)
VI-FAMÍLIA: Zelar pela família é zelar pela igreja. A igreja é o reflexo da família. Família que reverencia Deus e sua palavra torna-se padrão para a igreja, sociedade e a Nação. “Em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gn 12.3; Sl 33.12).
VII-IGREJA: A igreja sou eu, você e nós em todos os aspectos. Ela é a imagem que você gera no seu interior e além do seu portão. É lugar do forte e fraco, são e doente, confissão e perdão, onde os infelizes encontram remédio para a cura de todos os males (Atos 4.32).
VIII-MISSÕES: A missão é a espinha dorsal da igreja. Todas as atividades da igreja devem convergir para a prática missionária. A missão é o negócio mais importante de que a igreja deve ocupar-se. Ou se evangeliza e vive ou não se evangeliza e morre. Evitemos gastar o que deve ser posto na Arca do Tesouro com o que estiver fora do foco da missão (Mc16.14-18).
IX-SUSTENTO: Deus é o provedor fiel para você, família e igreja. Quando se fala em sustento pensa-se logo no dinheiro. É preciso priorizar o sustento espiritual. As demais coisas virão como consequência. A igreja cujos fieis têm vida espiritual abundante e é generosa, torna-se exemplo vivo para o mundo. (Ml 3.10: II Co 9.7).
X-OUTRA PÁGINA: Ao romper da alvorada de 2013 para 2014, o Senhor deu-nos um estojo contendo papel, lápis, borracha, pincel, tinta e disse: isto é para vocês escreverem novas páginas e pintar novas telas que expressem a pureza do coração e a beleza da alma. Não queiramos fazer tudo, mas façamos tudo quanto pudermos em 2014.
 Evitemos fazer mil e duas coisas para Deus, mas fiquemos à disposição do Oleiro di-vino e ele nos usará como vasos preciosos para fazermos o melhor. (Sl 37.4; Dt 28.3-6).

Pr. Trevenzoli (bergertreve@oi.com.br)
 Acesse o nosso site: www.pastortrevenzoli.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O JOVEM MAIS BELO – ABSALÃO

Absalão, em hebraico, אַבְשָלוֹם. Significado: Meu pai é paz. Ler os textos II Samuel 3.1-5; 13.21-29; 14.24-33; 15.1-12; 18.9-17 e 18.33 A Bíblia nomeia Absalão como o terceiro filho de Davi cuja mãe era Maaca. Havia muita crise relacional na família real. Cada filho nascia de uma mulher diferente. Infelizmente, esta anomalia social está acontecendo em nossa sociedade. Em 2 Sm 14.25 e 26, diz que não havia, em Israel, homem mais belo e formoso do que Absalão. Desde a planta dos pés até a cabeça, não havia defeito algum. Não havia academia de fisiculturismo. Ele não era ‘bombado,’ mas tinha o corpo sarado.

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

Convertido, Seguidor, Discípulo ou Discipulador?

“O mesmo Espírito testifica com nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm 8.16). Pressupõe-se que, se a igreja tem convertidos, que se transformam em seguidor, e depois, em discípulo, ela precisa de discipuladorOu se evangeliza e vive ou não se evangeliza e morre. A evangelização e os seus resultados deixam igreja em clima de festa.Haverá sempre "uma festa no céu por um pecador que se arrepende”(Lc 15.7). Meu objetivo, ao apresentar este estudo, é estimular e enriquecer você para a prática do Discipulado. Há quatro estágios fundamentais para quem deseja ser fazedor dediscípulo:

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.