Pular para o conteúdo principal

REFLEXÃO SOBRE A TERCEIRA IDADE

   Gostei da página enviada por  uma facebuquiana refletindo sobre o idoso. Comovido e estimulado, resolvi dar asas à minha mente quase nonagenária e minha esposa octogenária, para expressar como vivemos. Vivemos bem e felizes aos 57 anos de olimpíada conjugal. Temos três filhas e um filho que zelam por nós. Temos dois netos e uma neta prestimosos. Temos um lindo chalé parati todo em madeira especial com temperatura controlada; quintal com fruteiras, hortaliças e jardim matizado. Só podemos dizer  uma  coisa: “Fomos moços, e agora somos  idosos;  mas  nunca vimos o  justo  desamparado, nem a  sua descendência a mendigar o pão” (Sl 37.25). Feliz é a pessoa  que vive  de  tal maneira  que, ao olhar para trás não encontra motivo para vexame e ainda tem o vigor na velhice para erguer os braços, estender as mãos a fim de colher os frutos saborosos de sua semeadura.
   Ultimamente sentimo-nos bastante incomodados com o desleixo das autoridades deste país com respeito ao zelo que devem ter com os idosos que deram sua grande contribuição para construir o t o Brasil prestando serviços em diversas áreas como profissionais na zona rural e urbana. Ademais, fecundaram, criaram e educaram seus filhos e filhas, sabe lá Deus com que sacrifício! O idoso não é trapo, velho ranzinza, peso  para a  família, babão,  caco, incômodo, nem  traste  para ficar, muitas vezes, ao relento e ao  abandono pelo des-cuido de muitos filhos  que  desfrutam  benefícios  da  educação  que lhes deram. Respeitar as cãs e tratar o vetusto com dignidade é uma boa filosofia para quem assumirá o seu lugar mais tarde, se não  houver  desfalecido  antes e lá  chegar. Completarei 86 anos. Tra-alhei 70  balhamos 70 anos como camponês,  pastor, professor e gestor de instituições e ainda  somos  conselheiro voluntário para cui-r, como dar como clínico de dependente  químico. Os corruptos,  criminosos, trambiqueiros e ladrões  são mais bem assistidos  do que os ido-sos, com sos com recursos públicos.
   De mim  nasce  o  desejo  de  evocar a  tríade  filosófica  francesa  para  despertar a consciência política (existe?), que é a arte de  bem  governar e administrar  os  bens  da  República:  LIBERTÉ,  ÉGALITÉ ET  FRATERNITÉ.   

1-Liberdade.  

 Sem  disciplina, ordem,  limites  e  responsabilidade  gera  libertinagem   projetando  um   futuro  nebuloso para  a Nação; 

2-Igualdade. 

 Direitos  iguais  para  todos: educação,  habitação,  saúde  e segurança. Há ido-sos habitando em palafitas, barracos, ao  léu  e  sem o  básico  para  sua subsistência 40% da população brasileira vivem em extrema pobreza. A saúde está em crise permanente. Nem todo o idoso vive o tempo da inatividade segundo a filosofia do governo. Não produz, mas já produziu. Segurança, não só para os magnatas, mas para todos. Minha irmã e o meu cunhado foram assassinados a pauladas depois entregarem o cartão de benefício com senha e os dedos amputados para saque digital.

3-Fraternidade. 

  A Nação é uma família que deve ter o básico para a sua sobrevivência. A nossa riqueza está nas mãos de castas dominantes e estrangeiros que exploram a nossa riqueza. Cerca de 20 milhões de idosos estão no patamar
da sobrevida. Os políticos desonestos, criminosos têm mais privilégios do que os idosos neste país.
 O apóstolo Tiago dá uma receita para a religião pura e imaculada no capítulo 1.7 sugerindo para incluir os idosos no sonho e no lampejo de esperança de melhores para a criança, juventude e idosos brasileiros.                                                     
                  
          Um abraço do lutador e quase nonagenário.
Juiz de Fora, 10 de maio de 2017.
Pastor e professor Valdemar Trevenzoli

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Convertido, Seguidor, Discípulo ou Discipulador?

“O mesmo Espírito testifica com nosso espírito que somos filhos de Deus (Rm 8.16). Pressupõe-se que, se a igreja tem convertidos, que se transformam em seguidor, e depois, em discípulo, ela precisa de discipuladorOu se evangeliza e vive ou não se evangeliza e morre. A evangelização e os seus resultados deixam igreja em clima de festa.Haverá sempre "uma festa no céu por um pecador que se arrepende”(Lc 15.7). Meu objetivo, ao apresentar este estudo, é estimular e enriquecer você para a prática do Discipulado. Há quatro estágios fundamentais para quem deseja ser fazedor dediscípulo:

ESPIRITO, ALMA E CORPO – DOUTRINA FUNDAMENTAL

“E O PRÓPRIO DEUS DE PAZ VOS SANTIFIQUE COMPLETAMENTE; E O VOSSO ESPÍRITO, ALMA E CORPO SEJAM PLENAMENTE CONSERVADOS IRREPREENSÍVEIS PARA VINDA DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO" 1 Ts 5.23 "POIS A PALAVRA É VIVA E EFICAZ, E MAIS CORTANTE DO QUE QUALQUER ESPADA DE DOIS GUMES, E PENETRA ATÉ AO PONTO DE DIVIDIR ALMA E ESPÍRITO, JUNTAS E MEDULAS, E É APTA PARA DISCERNIR OS PENSAMENTOS E INTENÇÕES DO CORAÇÃO” Hb 4.12 FUNÇÕES RESPECTIVAS DO ESPÍRITO, ALMA E CORPO

O Bom Pastor e as Ovelhas

João 10.5 e 9-10 -INTRODUÇÃO: É preciso ajustar a nossa vida com Jesus Cristo, o Supremo Pastor, para sentirmo-nos satisfeitos e calmos. A ovelha não é um animal muito exigente. Come o que se lhes dá a comer; bebe o que se lhes dá a beber. A igreja, na pós-modernidade tem pastores de todas as classes, habilidades e gostos. A bem da verdade, o título de pastor está um pouco desgastado. Surgem outras qualificações que dão mais status como apóstolo, profeta, missionário. Há pastor que prega o evangelho puro e transformador que “é o poder de Deus para a salvação de aquele que crê” (Rm 1.16), da cura, do exorcismo, da prosperidade, da libertação, do Quinto Evangelho do “nada a ver” e, faz uma salada que intoxica a alma ao invés de curar seus males.

O JOVEM MAIS BELO – ABSALÃO

Absalão, em hebraico, אַבְשָלוֹם. Significado: Meu pai é paz. Ler os textos II Samuel 3.1-5; 13.21-29; 14.24-33; 15.1-12; 18.9-17 e 18.33 A Bíblia nomeia Absalão como o terceiro filho de Davi cuja mãe era Maaca. Havia muita crise relacional na família real. Cada filho nascia de uma mulher diferente. Infelizmente, esta anomalia social está acontecendo em nossa sociedade. Em 2 Sm 14.25 e 26, diz que não havia, em Israel, homem mais belo e formoso do que Absalão. Desde a planta dos pés até a cabeça, não havia defeito algum. Não havia academia de fisiculturismo. Ele não era ‘bombado,’ mas tinha o corpo sarado.